Incontinência Urinária e os Benefícios da Fisioterapia

29/06/2016

Ao contrário do que muita gente pensa, a Incontinência é um problema bem comum.

Muitas pessoas acham erroneamente que é uma consequência do envelhecimento e na maioria das vezes, sentem vergonha de procurar ajuda ou até mesmo de falar sobre o assunto.

São diversas situações que ocorrem, e algumas delas podem ser constrangedoras, por isso a prevenção é a melhor solução para combater a Incontinência Urinária.

Os tipos mais comuns é a incontinência por esforço, que é desencadeada por uma atividade física ou um esforço como saltar, tossir, rir, levantar pesos entre outros e a incontinência de urgência, que ocorre por um desejo de urinar sem controle.

É mais frequente no sexo feminino, muitas se tornam incontinentes após parto, histerectomia (cirurgia para retirada do útero), menopausa ou mesmo outros traumas na região.

Nos homens, costuma surgir principalmente após doenças na próstata.

Um dos recursos utilizados para o tratamento da incontinência urinária consiste na fisioterapia, com o objetivo de orientar a paciente a se prevenir e tratar esse problema. Além disso, a fisioterapia ajuda a reforçar a musculatura do assoalho pélvico melhorando os sintomas da perda da urina, fortalecendo a musculatura enfraquecida, promovendo relaxamento da musculatura sob tensão, reeducando a musculatura do assoalho pélvico, aumentando a autoestima e a qualidade de vida da mulher.

O fisioterapeuta é capaz de reabilitar, além de promover a saúde e melhoria na qualidade de vida.  

Drª Claudia Cherobin

Fisioterapeuta Rpgista
Spazio Fisio Rua Cel. João Leme, 460 – 9º andar
Ed. New York – Centro - Bragança Paulista
Tel.: 3404-4430 / 9 9626-6644

Última modificação em Qua, 29 de junho de 2016 11:39


Escrito por:

Portal Entre Elas



Comente

Colunas