Moda plus size

12/03/2013

O mundo da moda volta o seu olhar para as mulheres mais curvilíneas.

Durante as décadas de 40 e 50 Marilyn Monroe e Elisabeth Taylor chamavam todas as atenções com suas curvas sinuosas, cinturinhas de pilão e quadris enormes. Esse modelo de mulher emplacou sem contestações até os anos 60 e, parece que agora este perfil está voltando à moda. 

Atento ao crescimento deste novo mercado consumidor, muitas grifes estão se rendendo, começando aumentar os números (que antes chegavam no máximo ao 44), sendo possível encontrar peças mais joviais e com a mesma qualidade de tamanhos pequenos.

Uma pesquisa recente feita pela revista feminina Sem Medida com cerca de 400 mulheres, na faixa etária entre 21 e 40 anos e a maioria entre 91 e 110 quilos, mostrou que 70,1% delas são assíduas leitoras de matérias de moda. Diante disso, um novo nicho de modelos se consolida e até mesmo o mercado editoral parece estar disposto a mudar. Um exemplo disso é a revista alemã Brigitte, que a partir deste ano colocou em seus editorias mulheres reais, saindo as modelos magérrimas e entrando as mulheres mais curvilíneas, assim como a V magazine, que fez edições especiais utilizando modelos consideradas 'acima do peso'. 

Outra investida são as Semanas de Moda específicas para elas como, por exemplo, o Fashion Week Plus Size, realizado no mesmo período da semana de moda mais importante do País, a São Paulo Fashion Week.

Aos poucos as gordinhas provam que é possível vestir tamanho GG sem precisar encolher a barriga! O mundo fashion, ou melhor, "Fatshionistas" - uma forma carinhosa que as blogueiras dedicadas à moda plus size se chamam - parece ser uma tendência que veio para ficar.

Rua da Imprensa, 110 - III Centenário
Tel: (11) 3402-0339

Última modificação em Ter, 12 de março de 2013 16:54


Escrito por:

Portal Entre Elas



Comente

Colunas